Buscar

5 atividades para auxiliar no processo de aprendizado do seu filho


Especialista dá dicas para auxiliar os pais que estão com os pequenos estudando em casa


Com a pandemia, o ensino a distância acabou virando uma realidade. O problema é que a grande maioria dos pais e responsáveis vem enfrentando dificuldades para auxiliar seus filhos no processo de aprendizado. Por isso, tentar entender esse processo e usar algumas estratégias podem fazer toda a diferença. “As escolas estão voltando em modelo híbrido, mas, para os pais que não se sentem seguros, existem algumas dicas que ajudam e muito na hora de incentivar os pequenos a aprender mesmo estando em casa”, afirma a pedagoga e psicopedagoga do Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE), Na Carimê Naldino Cassou. A primeira coisa quando o assunto é estudar, segundo Carimê, é pensar em um espaço confortável e bem iluminado, livre de barulhos e brinquedos que possam distrair as crianças: “Os eletrônicos podem ser grandes aliados, porém, devem ser usados da forma correta. Caso contrário, devem estar fora do alcance da criança. No espaço de estudo você pode colocar quadros, painéis e varal com anotações”.


Já para se criar o hábito de estudo, é importante que exista um cronograma para auxiliar na organização no tempo de estudo. A rotina deve ser bem estabelecida, de preferência com a supervisão de um adulto. Para isso, crie um cartaz ou um quadro com o horário e a duração de cada atividade. Independentemente da idade, toda criança no processo de aprendizagem necessita de atenção e mediação. “Evite fazer outras tarefas paralelas ou mexer no celular enquanto está orientando o seu filho. Isso pode gerar ansiedade para a criança e prejudicar o processo. Disponibilize para ele um tempo de qualidade”, complementa. Mesmo com toda a organização e preparação citadas acima, ainda é normal ouvir: “meu filho não quer fazer as tarefas”; para esses casos, crie um quadro de recompensas usando adesivos para apresentar suas conquistas. “Recompensá-los pelo esforço também os incentiva a continuarem estudando mesmo com todas as dificuldades que a pandemia nos trouxe”, finaliza a pedagoga.


E para te ajudar ainda mais em todo esse processo, a especialista preparou 5 atividades que vão dar mais qualidade e incentivo a aprendizagem dos pequenos. Confira:


· Ambiente letrado

Construa com seu filho um ambiente letrado. Deixe expostas as atividades realizadas para que ele consiga visualizá-las e, sempre que possível, retome oralmente para recordação.


· Desenho do box

A hora do banho é um momento que sempre necessita de supervisão. Aproveite e deixe esse momento mais divertido, realizando desenhos no box de vidro para estimular a imaginação. Treine também o desenho do corpo, explorando todas as partes do esquema corporal.


· Calendário

Construa com seu filho um calendário do mês e explore diferentes intervenções, como: realizar contagem oralmente, marcar recompensas, datas comemorativas, bem como atividades da rotina diária da família.


· Momento de leitura

Estipule um horário para realizar a leitura e manuseio de livros, gibis, revistas, jornais, receitas, encartes de mercado, ou seja, diferentes portadores de texto. Estimule a imaginação e explique a função de cada tipo de texto.


· Nomear objetos da casa

Para facilitar o desenvolvimento da alfabetização, construa pequenos crachás e nomeie objetos da casa. Pode destacar a letra inicial com uma cor diferente e sempre que passar pelo objeto solicite que a criança diga o nome em voz alta. Pergunte quantas letras tem, qual a é a primeira letra, última letra etc.


· Circuito

Atividades motoras são de extrema importância para o processo de aprendizagem. Seja criativo e crie circuitos em casa, solicitando que passem por baixo de cadeiras, pulem objetos, andem sobre linhas. Além de ajudar na motricidade, tais atividades trabalham a atenção.


Sobre o Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE)

Fundado no ano de 2016 por Canrobert Krueger e Mariana de Carvalho, a clínica é referência no atendimento a pacientes com danos neurológicos. O CERNE possui equipe especializada em diversas áreas, como: Fisioterapia, Fonoaudiologia, Musicoterapia, Neuromodulação e Terapia Ocupacional. O diferencial da clínica está nos métodos de tratamento avançados, como Theratogs, PediaSuit, Bobath, Integração Sensorial, Contensão Induzida, ABA, DENVER, além da chegada do primeiro tratamento através da Neuromodulação ao sul do país. Para mais informações, acesse o site www.clinicacerne.con.br ou as redes sociais Facebook https://www.facebook.com/cerneoficial e Instagram https://www.instagram.com/cerne.oficial/