Mix de temperos para a imunidade

Atualizado: Nov 18


Por Aline Quissak

Ingredientes:

• 100 g de gengibre fresco

• 100 g de cúrcuma raiz

• 5 dentes de alho

• 1 xicara de salsinha

• 150 ml de azeite de oliva

• 1 limão


Modo de fazer:

Retirar a pele do gengibre, da cúrcuma e do alho.

Junte todos os ingredientes, espremendo o suco do limão e processe no processador, formando uma pasta. Pode ser guardado em geladeira por até 2 meses.


Poderá ser utilizado como base para várias preparações: arroz, carne, peixes, refogados e legumes, pastinha no pão ou em cima das saladas.



Benefícios nutricionais


Essa sinergia possui propriedades que ajudam na melhora das inflamações, melhorando também dores musculares crônicas. Ajuda na melhora da imunidade e contém um alto teor de antioxidantes. Para que a receita tenha o poder terapêutico, precisamos fazer os antioxidantes e nutrientes estarem ativos para que nosso organismo absorva e os use melhor.


Trazendo os conhecimentos dos laboratórios de pesquisa para a nossa casa, podemos aplicar a função de extratos vegetais, ou seja, adicionar um ácido (pode ser limão ou vinagre) e uma gordura do bem (o azeite), assim conseguimos extrair mais nutrientes da cúrcuma, que é potencializada em 1000x pelo gengibre ou pimenta do reino, e em 30 % quando misturada em azeite. A salsinha é ativada quando processada ou macerada no pilão ou processador de casa, liberando mais nutrientes para nosso corpo, ainda mais na presença de ácido (do limão).


Vamos entender melhor a propriedade de cada ingrediente?


Benefícios da cúrcuma: Um estudo da Universidade de Auburn, nos EUA, mostrou que o antioxidante da cúrcuma, a curcumina é literalmente 400x mais potente que a metformina, medicamento usado na diabetes e pré diabetes ajustando a resistência à insulina. Lembrando que para ativar esse antioxidante que infelizmente tem baixa absorção no nosso corpo, precisamos unir à pimenta do reino ou ao gengibre e também à alguma gordura do bem, como azeite de oliva, óleo de coco ou óleo de abacate. Também como vassourinha, ajuda o nosso fígado no processo de desintoxicação. Por ser super anti-inflamatória, dá todo um suporte ao fígado para varrer as toxinas acumuladas do ambiente contribuindo para a prevenção de doenças como câncer, se usado de forma regular. Se for tomar cápsulas, veja no rótulo se são já os ativos curcuminoides 95%. In natura: 1 colher de sopa tem 884 pontos anti-inflamatórios, sendo excelente para dores, imunidade e Inflamação da articulação. Pode distribuir ao longo do dia.


Aviso: algumas pessoas possuem alergia. Comece com pequenas quantidades.

Não exagere para não ter efeitos colaterais!


Benefícios da Salsinha: Por ser extremamente baixa em calorias, (uma xícara tem 20kcal, sendo 3g de carboidrato e contendo 216% da VITAMINA A necessária no dia, 106% de vitamina C de um adulto, 1100% de vitamina K, 22% de folato e 8% de potássio), a salsinha é um mago na Nutrição. Os diferentes antioxidantes auxiliam a reduzir os riscos de diabetes, de inflamação (dores também!) e ainda ajuda a diminuir o efeito do carboidrato no sangue. Por isso, a partir de agora, ao invés de só usar para decorar, capriche! Pelo menos 2 colheres de sopa - o ideal são 4 colheres para ter efeito medicinal


O segredo por trás do gengibre!

1) Realmente é anti-inflamatório?

Sim! Uma colher de sopa tem 387 pontos anti-inflamatórios (lembrando que precisamos de 700 pontos por dia para manter a saúde).

2) Auxilia a emagrecer/ É mesmo termogênico?

Ele auxilia a ativar os genes de queima de gordura, desde que seja feito o chá com infusão entre 10 e 12 minutos (abafar o chá).

3) Tem diferença no gengibre in natura e o em pó?

Sim, o gengibre em pó, apesar de ser melhor do que não consumir gengibre, já perdeu grande parte do gingerol, o composto usado para inflamação. Possui outros compostos que são bons para a digestão.

4) Faz bem para a saúde do coração?

Sim! 2g de gengibre por dia (1 colher de chá) por 4 semanas está associado a diminuição de 13% do colesterol total.

5) Grávida pode consumir?

Pode consumir para enjoos. Porém, tomar o chá gelado após uma infusão de 6 minutos em apenas 200ml por dia, feito com 1 colher de chá de gengibre ralado.

6) Quanto deve consumir por dia?

Depende de qual objetivo:

-2g por 4 semanas para saúde do coração;

-3 xícaras de chá junto com chá verde e alecrim para queima de gordura (junto com uma alimentação saudável);

-3 xícaras junto com chá de Tulsi licorice para inflamações como artrite e artrose;

-2 xícaras junto com canela e chá branco para melhora da concentração e foco;


Benefícios do alho: Ele inteiro libera a Allyl Cisteína, que possui propriedades de melhorar a imunidade e neuroproteção. Já quando picamos em pedaços maiores, liberamos o Allyl dissulfido que auxilia na proteção do coração, diminuição do colesterol e triglicerídeos. E quando amassamos o alho o contato fica ainda maior, e ativamos a liberação da Alicina - composto muito estudado para impedir o crescimento de células cancerosas, principalmente de meduloblastoma e câncer de mama. Alho é um super anti-inflamatório, tendo em 1 dente o poder de 235 pontos.


Benefícios do azeite: O azeite de oliva extravirgem contém 74 pontos anti-inflamatórios em cada colher de sopa, sendo uma das fontes de gordura mais anti-inflamatórias que existe. Ele ajuda na dor, na imunidade, no foco, concentração e até na saúde do coração.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo