Musicoterapia ajuda pacientes a melhorar processo de comunicação

Atualizado: Nov 18


Especialista fala sobre o tratamento e seus benefícios

A Musicoterapia é a utilização da música e de experiências musicais para a promoção da saúde, aprendizagem, reabilitação, expressão e melhora da comunicação. Nas consultas, o musicoterapeuta incentiva o paciente a se expressar através de uma canção, um improviso, ou até tocando algum instrumento musical.


De acordo com a musicoterapeuta e psicopedagoga do Núcleo Paranaense de Recuperação Motora Cognitiva e Comportamental (NUPA), Giovanna C. da Silva Balzer (CPMT 315/17-PR), esse é um ótimo método de desenvolvimento da comunicação, já que nos atendimentos a música é utilizada como terapia, desenvolvendo aspectos de comunicação verbal, não verbal e de sentimentos, além de trabalhar aspectos de reabilitação da linguagem.


Ainda segundo a especialista, a musicoterapia pode ser aplicada em qualquer idade, e não precisa saber cantar ou tocar algum instrumento para aderir ao tratamento, basta apenas gostar de música. “A música também é uma linguagem e, através dela, podemos expressar pensamentos e sentimentos, melhorando nossas habilidades de comunicação com o mundo”, avalia.


Mas existe alguma contra indicação? Por se tratar de uma terapia que utiliza recursos sonoros, é necessário passar por uma avaliação para, assim, investigar possíveis reações à determinados sons e ruídos. “Como eu disse, podemos usar a musicoterapia com qualquer paciente, desde que seja feita uma avaliação prévia para evitar possíveis desconfortos e reações desagradáveis”, finaliza Giovanna.

Sobre o Núcleo Paranaense de Recuperação Motora Cognitiva e Comportamental (NUPA)

A clínica é referência no atendimento a pacientes com danos neurológicos e possui equipe especializada em diversas áreas, como: Fisioterapia, Fonoaudiologia, Musicoterapia, Neuromodulação e Terapia Ocupacional. O do NUPA está nos métodos de tratamento avançados, como Theratogs, PediaSuit, Bobath, Integração Sensorial, Contensão Induzida, ABA e DENVER. Para mais informações, acesse as redes sociais Facebook @nupa.belem e Instagram @nupa.belem


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo